Google e o Sucesso do Bem Estar

1024 683 Tiago Santos
  • 0

Os negócios do novo milénio exigem uma estrutura diferente para o sucesso do que o que pode ter funcionado no passado. Hoje as organizações com melhor performance são também os melhores lugares para se trabalhar.

Ao contrário do que ainda se pensa que os funcionários ficam felizes graças ao sucesso, várias pesquisas mostraram que é precisamente o contrário, os funcionários revelaram-se bem sucedidos porque são felizes no trabalho!
E a felicidade dos colaboradores de qualquer empresa pode ser aprimorada com programas de bem estar específicos e com impactos até ao nível da redução dos custos de saúde.

Uma das grandes empresas em que os programas de bem estar são já conhecidos por todos é a Google. O programa de Corporate Wellness da Google foca-se na saúde, na felicidade e no equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos seus colaborares e é considerado fundamental para o crescimento dos seus negócios.

Mas, o que faz ao certo a Google para promover o bem estar e a felicidade dos seus colaboradores?

O campus da Google oferece um programa de bem estar abrangente com serviços de assistência médica no local de trabalho incluindo até serviços de fisioterapia e massagem. Os seus colaboradores podem até mesmo trabalhar ou adquirir novas habilidades pessoais e profissionais com aulas de culinária, programas de pós-graduação ou aulas de violão. Videojogos, mesas de ping pong e livros gratuitos são ainda outros exemplos dos benefícios que dispõem os Googlers.

No que diz respeito à promoção de uma alimentação saudável, a Google esforça-se para moldar as escolhas alimentares dos seus colaboradores de uma forma súbtil. Nos cafés e cozinhas do campus disponibilizam pratos mais pequenos, no sentido de promover o controlo das porções, e são abastecidos com refeições e lanches nutritivos codificados por cores: ingredientes saudáveis como legumes frescos encontram-se em recipientes verdes enquanto que ingredientes menos saudáveis como croutons estão em recipientes vermelhos. Os biscoitos, por exemplo, são disponibilizados em conjunto com uma opção mais saudável como uma peça de fruta. Os biscoitos são ainda mantidos em frascos opacos enquanto que escolhas mais saudáveis são visíveis e óbvias em recipientes transparentes. Coincidência? De modo nenhum.

No sentido de promover o equilibrio entre a vida profissional e pessoal os Googlers têm acesso a horários flexíveis, tempo extra de férias e tempo para voluntariado. Os Googlers têm ainda acesso a consultores financeiros e serviços de planeamento financeiro de forma a alcançarem recursos de bem estar financeiro.
O que é que a Google ganha com isto?

A felicidade dos colaboradores é alcançada através do bem estar, o bem estar é alcançado através da felicidade e a felicidade beneficia todos, incluindo a Google, através do aumento dos níveis de produtividade pois ao tentar que os seus colaboradores se divirtam dentro da empresa, a Google está realmente a engajar os colabores que, consequentemente, se mostram mais disponíveis para ajudar colegas e clientes. Ao mesmo tempo os seus colaboradores são capazes de enfrentar uma gama mais ampla de tarefas e defendem a organização e os seus interesses.

No entanto, não são necessários grandes investimentos para que seja possível a qualquer empresa começar a trabalhar o bem estar dos seus colaboradores. Muitas das iniciativas mais eficazes da Google são simples e alcançáveis, mesmo para pequenas empresas, como: mesas de trabalho em pé, horários de trabalho flexíveis e incentivos para que os funcionários permaneçam ativos durante o dia, como pequenos exercícios de ativação no posto de trabalho.

Afinal, qualquer empresa pode colocar biscoitos em potes opacos e bananas em potes transparentes.

AUTHOR

Tiago Santos

All stories by: Tiago Santos