Nova tendência: Promover saúde nos locais de trabalho

A Agência Europeia para a Saúde e Segurança no Trabalho relatou que, o investimento numa boa política de segurança e saúde no trabalho, pode proporcionar uma rentabilidade de 12:1 (um benefício de 12 euros por cada euro investido).

Nos últimos anos, tem-se olhado para o local de trabalho como um espaço fundamental para a promoção de saúde, e que ações neste âmbito podem tornar os colaboradores mais produtivos.

Então, temos de perceber que colaboradores mais felizes e saudáveis tendem a ter um melhor desempenho, comparativamente a outros colaboradores cujas organizações não promovam uma cultura de saúde e bem-estar nas suas empresas. Isto é importante pois, não há muito tempo, acreditava-se que os programas de promoção de saúde nas empresas eram um gasto, um desperdício de dinheiro, e não um investimento com retorno para o negócio.

O panorama é este, as pessoas passam 1/3 ou mais do seu dia no trabalho, muitas vezes passam horas sentados, o volume de trabalho é imenso e o incentivo que é dado é escasso, não se tem tempo para nada. Agora multiplicamos isto por meses e anos, o resultado não pode ser bom. Lesões derivadas dos movimentos repetitivos e das más posturas vão surgir, perdemos performance porque o cansaço e a falta de motivação para desempenhar as tarefas sobrepõem-se. Estamos stressados com prazos e, porque o trabalho não acaba, saímos de casa já com vontade de voltar, ficamos doentes, fisicamente ou mesmo psicologicamente, e tudo isto é demasiado.

A força de trabalho fica cansada, insatisfeita, não cumpre os standarts, erra mais, produz menos, é economicamente menos ativa, há mais rotatividade de pessoal, e o empregador perde e perde bastante por não estimar os seus colaboradores.

Colaboradores que se sintam valorizados, motivados e saudáveis, são muito mais produtivos e ‘vestem a camisola’ pela empresa!

“Cuide dos seus colaboradores e eles irão cuidar da sua empresa”Richard Branson

Compartilhe

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkedin
Share on whatsapp
Compartilhe no Whatsapp

VEJA TAMBÉM

As competências do futuro profissional do departamento de Recursos Humanos devem estar alinhadas com as novas mudanças na gestão empresarial, tanto as derivadas da…
Entendem melhor, adaptam-se melhor a situações de mudança e incerteza, são mais empáticos, têm uma vida mais saudável… Pessoas com inteligência emocional desenvolvida têm…